Dicas de Marketing Digital para E-commerces

Descubra o que você precisa saber melhorar as vendas online do seu e-commerce através do marketing digital

Você está frustrado com o seu atual marketing digital e sente que não está aproveitando ao máximo o seu orçamento de marketing? Os sintomas incluem vendas ruins, baixa classificação, cliques sem conversões ou solavancos nas mídias sociais.

Mesmo as melhores estratégias de marketing podem falhar a marca em alguns momentos. Ou, talvez você não tenha estratégia alguma.

49% das organizações não têm uma estratégia de marketing digital claramente definida. Estratégia ou não, estas cinco dicas vão ajudá-lo a superar seus desafios de marketing digital. Elas o ajudarão a ficar à frente de sua concorrência e a melhorar o ROI.

Perguntando pela venda

1. Pergunte pela venda (Às vezes não está claro)

Se você já fez alguma venda cara a cara, uma das lições mais importantes ensinadas é pedir a venda. Você pode fazer um aquecimento estupendo, uma apresentação fabulosa e um fechamento sólido. Mas, a menos que você peça a venda, você vai embora de mãos vazias.

E, o mesmo acontece com o marketing digital. Mas quando houver muita coisa acontecendo, múltiplos links e uma chamada pouco clara para a ação, você perderá a venda.

Seus compradores estão abandonando seus carrinhos em confusão porque o botão “COMPRAR AGORA” está rodeado de dez outros links fazendo perguntas e apontando para longe da venda.

Aqui estão alguns outros métodos negligenciados ou subutilizados de pedir a venda.

  1. Comparação de Produtos – Um estudo concluiu que, simplesmente mostrando um item de preço mais alto ao lado da escolha do comprador, 4,25% de todos os compradores compraram o item mais caro em seu lugar.
  2. Cross Selling – Você vendeu o computador, agora vende o mouse, limpadores de tela, e plano de proteção. O cross-selling aumenta a receita e o valor de vida do cliente (LTV), especialmente B2B. 31% dos varejistas vêem a taxa de conversão aumentar de 1% para 15%.
  3. Multiplos CTA’s claros – Use um botão destacado, que chama a atenção para a ação acima da dobra em cada página. Adicione outras CTA’s em áreas apropriadas no meio e na parte inferior de cada página.

Nenhum negócio é imune a esses erros. Uma pesquisa com 200 empresas descobriu que 70% não mostram chamadas claras para a ação, representando uma tremenda perda de oportunidades.

redes sociais

2. Integre suas Redes Sociais às Vendas

As mídias sociais são um jogo de longo prazo para os marqueteiros online. O objetivo é converter os visitantes em seguidores interessados e depois em clientes pagantes.

Incorporar estes sites ao seu marketing de eCommerce.

  1. Instagram – Você pode fazer qualquer postagem em uma loja agora instaura galerias de conexão com a sua loja. Os clientes podem clicar na imagem para ir diretamente à sua loja e comprá-la.
  2. Facebook – Há 2 bilhões de pessoas no Facebook a cada mês, tornando-o uma poderosa ferramenta de marketing. Os anúncios no Facebook oferecem direcionamento altamente segmentado usando demografia e localização para entregar informações relevantes com um melhor ROI.
  3. YouTube – Esta plataforma de vídeo tem quase tantos usuários quanto o Facebook com 1,5 bilhões de usuários. As empresas podem aproveitar esta plataforma gratuitamente, adicionando conteúdo valioso como vídeos explicativos, críticas de produtos, promoções cruzadas, e anúncios de novos produtos. É o terceiro site mais visitado, tornando-o um lugar perfeito para construir sua marca e gerar leads.
  4. Pinterest – varejistas de eCommerce podem mostrar todas as imagens de seus produtos. A Pinterest trabalha bem para ganhar mais tráfego ou vendas para seus sites, pois os consumidores adoram o pin e economizam conceito para planejar sua compra.

O marketing social requer um lead time significativo para construir um acompanhamento e ver qualquer ROI. O Influenciador e o marketing de conteúdo eventualmente se pagará com backlinks, tráfego orgânico de SEO, e vendas.

email gmail e outros

3. Campanhas de E-mails Otimizadas

As campanhas por e-mail são uma das partes mais críticas da sua estratégia de marketing de vendas de funil/digital. Existem volumes e sites dedicados ao e-mail marketing.

Aqui estão algumas das otimizações fundamentais que muitas vezes são negligenciadas ou ignoradas, conversões de custos e vendas.

  1. E-mails de boas vindas – Um e-mail de boas vindas ajuda a cimentar um relacionamento entre a sua marca e os clientes. Ele torna mais prováveis futuras ofertas direcionadas e vendas.
  2. Forneça dicas e informações relevantes – Em termos de marketing, isto é uma fonte de inspiração. Manter seus potenciais interessados sem martelá-los com ofertas de vendas é um longo caminho para estabelecer confiança. Fornecer conteúdo útil e interessante mantém a sua marca no topo da lista.
  3. Enviar cupons e descontos – Todos os compradores adoram um negócio. Em uma experiência, um comerciante que enviou cupons para todos os seus canais de mídia social melhorou as conversões em 272%.
  4. Peça feedback – As pesquisas por e-mail são um meio eficaz de aprender sobre seus clientes e seu negócio. Não tome esse passo de ânimo leve e use as melhores práticas antes de pedir feedback. O conhecimento que você ganha não tem preço.
  5. Lembretes de lista de desejos – A lista de desejos do seu cliente é uma mina de ouro inexplorada. Mantenha-os interessados com lembretes, quedas de preços, desejos de aniversário e avisos de estoque baixo. É um acesso direto à mente do seu cliente, que você pode rapidamente rentabilizar.
Avaliação

4. Avaliações de Produtos

Adicionar comentários de clientes às suas listas de produtos pode criar um impulso imediato nas vendas. A maior razão pela qual os comentários gerados pelos usuários funcionam é a credibilidade.

92% dos consumidores confiam mais no boca-a-boca do que em qualquer outro tipo de publicidade. Eles querem ouvir as opiniões genuínas de outros consumidores que compraram o mesmo item.

Considerações Finais

A menos que você tenha uma equipe interna, a implementação destas quatro dicas pode consumir muitos recursos. São necessárias as aplicações certas para curar e gerenciar todos os dados para cada estratégia. A ideia é entrar em contato com os consumidores no lugar certo, no momento certo, com a oferta certa.

A maioria das empresas de comércio eletrônico acha que o nível de sofisticação do marketing digital se tornou muito complicado e demorado.

Você precisa de uma equipe experiente para reunir as ferramentas e táticas para que tudo funcione. Para conhecer mais sobre nosso trabalho, acesse Guerrilha Marketing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *